sábado, 9 de agosto de 2008

SHOW VERMELHO EM PEQUIM

Grande festa mundial.

Estão inaugurados os Jogos Olímpicos de Pequim 2008

"Serão os Jogos verdes, da alta tecnologia, do povo. Nós conseguimos preencher este compromisso feito com a comunidade internacional. Graças a isso, o espírito olímpico chegou a uma nova dimensão na China", é o que afirmou o presidente do Comitê Organizador, Liu Qi.
A China nos deu uma lição (para não dizer um tapa na cara) quando colocou como ponto central de sua fabulosa contextualização histórica (destacando os momentos positivos relevantes) uma aula com professora e mochilas. Para quem não percebeu (pq a mídia televisiva não comentou e não comentará jamais) a China revelou para o mundo a importância da opção pela educação como estratégia de desenvolvimento e redenção.
A eleição é um jogo de criação burguesa com regras para burguês ganhar. O êxito de representantes do proletariado é uma utopia principalmente devido, como todo e qualquer jogo, viciar seus atores levando aos representantes legítimos da classe trabalhadora a votar em quem tem dinheiro, em quem paga, em quem tem chance de vitória; na ilusória busca de espaços na correlação de forças do poder burguês.
Quem tem um pouco de discernimento compreende que é da máxima importância de colocarmos nos parlamentos o maior número possível de representantes da luta em favor da melhoria da educação pública. Abraçar qualquer outro "líder" por motivos corporativistas sectários, principalmente os representantes da educação burguesa "lobos disfarçados de cordeiros" é ignorar ou até mesmo trair as lutas de classe que nunca devemos esquecer.

Um comentário:

CH disse...

Adorei este texto.