sexta-feira, 27 de setembro de 2013

Liberando cadeiras inferiores para todos os sócios

A ótima fase na temporada do Ceará vem rendendo excelentes resultados dentro e fora de campo para o clube, excetuando quando os juízes atrapalham somada à chegada de reforços proporcionarão um salto no número de sócios do vozão.
Neste contexto a diretoria do Ceará Sporting Club segue reforçando o elenco alvinegro com mais uma contratação para contribuir com o VOZÃO na disputa do Campeonato Brasileiro Série B de 2013. Trata-se do meio-campista Thiago Humberto. O jogador de 28 anos vem trabalhando em Porangabuçu há alguns dias, mas assinou nesta semana o seu contrato com o Alvinegro, que vai até o fim desta temporada.
Segundo Publicação em 19 de junho - quarta-feira por FogãoNet o Ceará, com 8 560 sócios adimplentes, é 14º time com maior número de sócio-torcedor do Brasil e no nordeste perde apenas para Sprot de Recife que tem 11 576 sócios. O VOZÃO é disparadamente o clube cearense com maior número de sócios-torcedores adimplentes, os quais distribuídos nas categorias (planos) ouro, prata e bronze. Salienta-se que esse número ainda poderia chegar aos 19.500, se quase 8.000 torcedores não tivessem desistido de prorrogar seus contratos.

Certamente que o Alvinegro de Porangabuçu necessita de estratégias de reaver seus sócios que viraram gás, reduzir a volatilização dos seus sócios bem como para atrair novas adesões a seu clube de sócios-torcedores.
Vejo com bastante simpatia a possibilidade do sócio-torcedor pentacampeão cearense de todas as categorias poder ter acesso, para assistir aos jogos restantes da série B do campeonato brasileiro, às cadeiras das arquibancadas inferiores do Castelão. Certamente que esta ação deixaria os sócios mais satisfeitos por se sentirem privilegiados e recompensados por seus investimentos possibilitando maior freqüência destes aos jogos.
O ANEL INFERIOR da ARENA CASTELÃO ocioso nos dias de jogos só enfeia os espetáculos dando um ar de "campo neutro" às pelejas reduzindo a sensação de "gringo" ao times visitantes e, além do mais, deixa os árbitros muito a vontade às suas arbitrariedades. Se bem que estes não se encabulam com o público e nem com a imprensa quando estão pretensos a usar de má fé em suas atitudes.

A iniciativa da liberação das cadeiras inferiores para todas as categorias do sócio-torcedor com a paralela venda promocional para as cadeiras superiores tornam-se importantes por esta ser uma fase decisiva do campeonato brasileiro já marcada pela seqüência de três jogos vitoriosos interrompida pela desastrosa atuação do "APITO MALIGNO" na partida contra o Figueirense, interrupção esta que mexeu nos brios dos atletas e torcedores os quais estão ávidos de mostrar as suas valorosas forças.
Certamente que tais medias ensejarão maior pressão sobre os times adversários bem como embelezará o "CASTELA" transformando-o num verdadeiro CALDEIRÃO promovendo mais entusiasmo aos nossos atletas. Não estou aqui na pretensão de ensinar aos dirigentes alvinegros que o sucesso do jogo contra o Palmeiras precisa ser aprimorado e que coisas boas atraem coisas boas de modo que "CASA CHEIA" significa possibilidades de outras possibilidades de ganhos financeiros a começar pelo movimento nas lojinhas passando pela possibilidade de ampliação dos sócios podendo acarretar adesões dos tão desejados patrocinadores.
Fontes: http://blogs.diariodonordeste.com.br/timedefora/jogando-para-a-torcida/raio-x-socios-torcedores-cearenses/ e http://www.fogaonet.com/semcategoria/botafogo-atras-de-joinville-ceara-e-sport-em-numero-de-socios/

3 comentários:

Anônimo disse...

Belo post. Vale o apelo pela liberação das inferiores.

Franklin Anizio disse...

Gostei do texto, muito bem feito, restaria nossa diretoria ver isso para ver o que eles acham! Em todo estádio a parte inferior é liberado...

Mayra disse...

Perfeito professor. Justo reconhecimento ao sócio torcedor. Somos aqueles que nunca abandonamos o time. Que apoiamos!!!